Alfred Ashford


Nome: Alfred Ashford
Nascimento: 1971
Tipo Sanguíneo: Desconhecido
Altura: 1,76m
Peso: 61,8kg
Status: Morto
Primeira Aparição: Resident Evil CODE: Veronica


Alfred Ashford era o irmão gêmeo da brilhante Alexia Ashford, filho de Alexander Ashford e o recente líder da família que comandou diversas atividades na Ilha Rockfort.


Com a morte de Edward Ashford, seu filho Alexander devia tomar decisões para continuar com a glória e imagem poderosa que a família sempre passou. Sem sucesso em suas atividades nas políticas da Umbrella e perdendo o respeito de muitos, Alexander decidiu tentar recriar a matriarca Veronica Ashford, estudando genes tirados de seu cadáver e isolando o gene da incrível inteligência de Veronica, fecundando um óvulo e gerando os gêmeos Alfred e Alexia.


Entre os dois, Alexia desenvolveu muito mais o gene da inteligência, se igualando quase perfeitamente com a matriarca Veronica. Isso gerou uma gigantesca admiração de Alfred por Alexia fazendo tudo o que a irmã gemêa pedia. Alexia, após anos de trabalho e estudo, conseguiu finalizar sua nova obra prima, o T-Veronica Vírus, proveniente da fusão do Vírus Progenitor com o DNA de uma formiga rainha.


Não demorou muito para Alfred e Alexia terem conhecimento sobre a verdade da origem deles. Com ódio do pai Alexander, os dois fizeram dele a primeira cobaia do T-Veronica. O experimento acabou resultando em Alexander se transformando um monstro terrivelmente perigoso. A decisão dos gêmeos foi aprisionar Alexander com as mãos e braços amarrados em uma cela secreta na base da Umbrella localizada na Antártica. Alexander aprisionado gritava de dor e os ecos gerados por seus gritos assustavam os trabalhadores criando uma lenda urbana do "Nosferatu" no local.


Chega a hora de uma nova cobaia se apresentar para o T-Veronica e foi logo Alexia por vontade própria. O irmão seria essencial para seu plano, ele deveria colocar a irmã em sono criogênico por 15 anos para que seu organismo entrasse em perfeita simbiose com o T-Veronica. Ao fazer isso, Alfred forja a morte de Alexia e muda-se para a Ilha Rockfort onde toma controle das atividades por lá. Mas isolado e com a mente perturbada ao se afastar de Alexia, o novo líder da família Ashford começa a se vestir como Alexia e falar sozinho como tentativa de se aproximar mais da irmã.


No final de Dezembro de 1998, a Ilha Rockfort é atacada com o T-Vírus sendo dominada por zumbis e armas biológicas. Coincidentemente, Claire Redfield chega ao local no mesmo dia como prisioneira, após ser pega em Paris por invadir uma base da Umbrella procurando pelo seu irmão mais velho, Chris Redfield, já sendo supervisionado pela corporação. A relação da entrada de Claire na ilha e os ataques com o T-Vírus faz Alfred jurar por sua vida que Claire era a responsável pela confusão e fica perseguindo e tentando matar Claire e o parceiro da jovem, Steve Burnside, também prisioneiro de Rockfort que se juntara com a garota para sobreviver ao caos.


Alfred não hesita em desistir e para acabar com toda aquela palhaçada na visão dele, aciona a autodestruição da base de Rockfort e ainda libera um Tyrant para matar a dupla. Os dois jovens derrotam o Tyrant num avião de fuga, mas mesmo assim, não era o bastante para fugirem dos Ashford. Ele aciona, também, o piloto automático do avião e faz os dois caírem justo na base da Umbrella na Antártica.


Nessa base, também infestada por zumbis e monstros do T-Vírus, Alfred tenta matar Claire e Steve em uma batalha, mas sai gravemente ferido. Como jogada final, ele libera Alexander (Nosferatu) para ir atrás dos dois e tira Alexia que atingiu a simbiose com o T-Veronica do sono criogênico. Ele morre aos pés da irmã, sem poder se quer se despedir dela, o que gera uma fúria em Alexia e passa a atacar Claire e Steve e quem mais chegasse a sua frente.

Comentários