10 Fatos sobre Ada Wong


Ada Wong está retornando com um visual e até personalidade reimaginados em alguns dias no novo Resident Evil 2. Fizemos um artigo falando de 10 Fatos sobre Claire Redfield e não podíamos deixar a super-espiã de fora. Confira algumas curiosidades e fatos sobre essa personagem que é uma das favoritas na comunidade de fãs de Resident Evil e uma das maiores espiãs dos videogames!


1. "Ada Wong" pode nem ser seu nome verdadeiro

A espiã guarda tantos mistérios que nem nós sabemos se o nome dela é realmente Ada Wong. A profissional pode usar o nome somente como um codinome ou em seu trabalho. Tal informação é inúmeras vezes citada em livros ou enciclopédias que apresentam a personagem.



2. Ada Wong usa e abusa de sua sexualidade


Seu trabalho não é tão fácil como imaginam. Ada usa muito a sua sexualidade a favor dela para conseguir alcançar seus objetivos. Isso fica claro em Resident Evil 4, mesmo sabendo que estava destinada a uma missão perigosa cheia de riscos com armas biológicas avançadas como os Ganados e enfrentando calamidades geradas pelo Las Plagas, Ada opta em usar um vestido vermelho, mostrando parte de seu corpo às vezes, além do vermelho ter a característica da cor da paixão e relacionada ao sexo.


Essa técnica chega a funcionar com Leon em Resident Evil 2 e em alguns momentos de Resident Evil 4 em que o agente se prende a certos olhares para ela. Sabe lá quantas outras missões isso pode ter dado certo. De um jeito ou de outro, dificilmente você verá Ada usando "roupas comportadas".


3. Traços de uma femme fatale


Aproveitando a deixa sobre o uso de sua sexualidade a favor dela, Ada tem muitos traços de uma femme fatale, figura comumente encontrada em Filmes Noir. A femme fatale trata-se de uma mulher que usa sua sexualidade e vantagens de seu sexo para enganar ou aprisionar homens. Em Filmes Noir, a femme fatale é colocada como uma mulher fria, já morta por dentro, sem alma, ela mata sem piedade e tem seus truques para conseguir o que quer, colocando os homens como submissos e em teor masoquista, pois ele sabe que aquela mulher é fatal e faz ruim para ele, mas continua, ainda assim, deixando que aquela figura lhe atrapalhe.

Ada tem muitos traços, mas não chega a ser uma por completo. Pois como dito antes, a femme fatale não tem nem se quer traços humanos, diferente de Ada que em todos os jogos que contam com sua aparição, ela demonstra seu lado humano ao salvar Leon e fazer escolhas éticas a morais, como se afastar de Derek Simmons ao saber que o Conselheiro da Segurança Nacional americana esteve envolvido no lançamento do míssil para destruição completa em Raccoon City. Mas é indiscutível que Ada teve certa inspiração na figura da femme fatale contando que a agente traça diversos planos para pegar uns homens e usar eles a favor dela.



4. Ada é uma anti-heroína

Ela salvou Leon inúmeras vezes, salvou civis e ajudou a salvar o mundo em Resident Evil 6, mas também obteve diversas amostras de vírus e parasitas que criaram caos no globo e trabalhou para os vilões. Afinal, Ada é uma heroína ou uma vilã?

Nenhum dos dois! Ada é uma anti-heroína! Ela não luta por todas as vidas e nem quer destruí-las. Ela não está do lado do bem e nem do lado do mal. Ela está por si. Faz o seu trabalho por recompensas valiosas e mesmo dentro do seu trabalho, faz escolhas heroicas que muitas vezes desobecem a seus superiores. Entretanto, ela não liga, sua coragem determina quem ela é e o que ela faz. Se depois seu superior quiser brigar, ele só tem o direito de ficar de bico fechado, porque mesmo fazendo as escolhas que ela quer, ela consegue sempre terminar seu trabalho.


Isso é algo bem legal para se ter em Resident Evil, um personagem que não está de nenhum lado e ainda assim tem um psicológico aprofundado e que é querido por fãs.


5. Já sabíamos que ela existia antes mesmo de sua primeira aparição


Quem jogou Resident Evil (1996) ou Resident Evil (Remake) sabe muito bem do que falo. Jogando tanto com Chris Redfield ou Jill Valentine, ao entrar nos laboratórios da Umbrella abaixo da Mansão Spencer, encontramos uma nota do pesquisador da corporação, John, para Ada dizendo Login e Senha do computador para abrir portas do local. Ele informa que a senha era o nome dela.

Mais tarde, em Resident Evil 2, Ada aparece dizendo estar procurando por John e assim vemos a personagem citada anteriormente.



6. Personalidade forte, calma e humorística

A personalidade de Ada, como dito antes, é forte, uma vez que ela consegue tomar decisões éticas mostrando seu lado humano e conseguindo, facilmente, arcar com as consequências depois. Curiosamente, ela também se mostra com um senso de humor ala Nathan Drake, porém mais séria, que faz comentários e às vezes piadinhas no meio de um caos, muitas vezes até em Resident Evil 6. Ela fala muito sozinha e mesmo com armas biológicas perseguindo ela, ela soma sua tranquilidade com seu humor misterioso para passar pelos desafios.


Exemplos disso são: pedir uma revisão nas ruas de Raccoon City enquanto anda pela cidade (Resident Evil: The Umbrella Chronicles - Death's Door); "doar" seu sapato para um Hunter na fuga de Raccoon; lamentar por "não colocarem um tapete vermelho para sua entrada" na vila; dar uma em cima do Leon e dar uma carona até a Ilha com caras e bocas provocativas; chamar a terrível Carla Radames como "irmã gêmea" e manter a calma enquanto a mulher está prestes a acabar com o mundo; entregar o anel da "A Família" para Leon e pedir para que ele não tivesse outra ideia do que signifava (e ainda no meio de uma batalha contra uma monstra); falar para Helena Harper parar de chorar por Deborah (irmã de Helena que acaba de virar um monstro) e tentar convencer Helena de lutar contra a irmã pela monstra estar tentando os matar; se referir a Jake Muller como "Wesker Junior", descansar os olhos no trabalho; etc.


7. Vermelho é sua cor característica

Em todas as suas aparições, Ada está sempre usando, pelo menos, uma peça vermelha e por um bom motivo. Como dito anteriormente, o vermelho é uma cor relacionada a paixão e ao sexo. Assim, ajudando a seduzir e usar sua sexualidade como arma. Mas também, pode ser olhada de outras formas. O Vermelho é uma cor que chama muito atenção e vira destaque aos olhos humanos pela sua saturação e brilho particular causados por seu maior comprimento de onda nos estudos de Óptica. Assim, pode somar a sua vontade de ser destaque e chamar a atenção.



8. Decendência chinesa


Por todos os seus modelos vistos na série e pouquíssimas informações que temos sobre o passado e a vida particular de Ada, considera-se sua decendência predominantemente chinesa. Ainda assim, não deve ser levado a sério, pois como dito, não é total certeza e ela nem chega a comentar nada em Resident Evil 6 como "estou em casa" ou "país de origem" ao chegar na China.



9. Ada Wong quase foi a "Linda"


Da mesma forma que Claire Redfield quase chegou a ser "Elza Walker", Ada praticamente seria conhecida como Linda no beta de Resident Evil 2, hoje chamado como Resident Evil 1.5. Diferentemente de Claire com Elza que tinham personalidades diferentes e visuais também diferentes, Ada e Linda eram a mesma. Linda seria uma pesquisadora da Umbrella, mas teve seu nome alternado para "Ada Wong" para conectar o Resident Evil (1996) com Resident Evil 2 em questão das notas de John para ela.


Mais tarde, no resultado final, Ada Wong deixou de ser uma pesquisadora da Umbrella, tornando-se uma espiã que trabalha para Albert Wesker a procura de uma amostra do G-Vírus.


10. Armas especiais e habilidades diversas


Ada não é uma espiã qualquer, ela é uma super-espiã treinada muito bem. Ela possui habilidades acrobáticas incriveís demonstradas principalmente em Resident Evil 4 e Resident Evil 6. Ela também tem muita habilidade com armas de fogo e aliás tem um arsenal de armas especiais. Em Resident Evil: The Umbrella Chronicles, no cenário Death's Door vemos Ada ferida gravemente e mesmo assim passando por hordas de zumbis, Lickers, Hunters e até chega a combater um Tyrant conseguindo sair da cidade antes do míssil chegar com uma amostra do G-Vírus, e é lá onde consegue sua Grapple Gun usada muito em Resident Evil 4, que já entrando nele, Ada consegue passar por exércitos de Ganados, enfrentar chefões e monstros e ainda assim consegue sair com uma amostra do Las Plagas. Em Resident Evil 6, ela possui uma besta com flechas especiais e faz movimentos incríveis com ela, também passando por diversas armas biológicas, salvando Leon, Helena, Jake e Sherry em certos momentos e ainda assim consegue destruir Carla, promover a inocência de Leon e Helena e destruir o laboratório de Carla. Ao final, como se não bastasse, ainda aceita uma nova missão por sua "agenda" ficar vazia.


Em Resident Evil 2 Remake, veremos Ada com uma nova arma ou equipamento que mostra fios e sistemas mecânios através das paredes permitindo que ela possa hackear os sistemas.


Esses foram 10 fatos sobre Ada Wong, nossa espiã favorita dos games! Para ler o perfil completo dela, acesse a página ADA WONG. Se gostou desse artigo, leia o nosso artigo especial para a princesa da série, 10 Fatos sobre Claire Redfield. Não se esqueça também que Resident Evil 2 Remake está prestes a chegar e você pode saber tudo sobre o jogo acessando essa página: RESIDENT EVIL 2

Comentários