Claire Redfield


Nome: Claire Redfield
Nascimento: 1979
Tipo Sanguíneo: O
Altura: 1,69m
Peso: 52,4kg
Status: Viva
Primeira Aparição: Resident Evil 2 (1998)


Claire Redfield é uma das personagens mais queridas pelos fãs da série Resident Evil. Irmã mais nova de Chris, os irmãos Redfield perderam seus pais muito cedo e então Chris, além de irmão, se tornou uma figura paterna a Claire. Ele a ensinou diversas habilidades para que um dia, Claire conseguisse aguentar qualquer coisa e não depender de ninguém para sua sobrevivência.


Em Setembro de 1998, durante seu ano no colegial, Claire não recebe mais notícias de Chris que estava até então na cidade de Raccoon localizada ao centro-oeste dos Estados Unidos. No dia 29 de Setembro de 1998, Claire chega a Raccoon City de motocicleta e decide parar em um posto de gasolina para fazer uma ligação. Após desligar o telefone, Claire se vê em apuros ao notar que zumbis a cercavam de todo o lado. Ao meio do desespero, ela se depara com um rapaz que a salva de um zumbi. Após isso, os dois correm até uma viatura e fogem do posto infestado de monstros. No carro, ela descobre que o rapaz era um policial novato de Raccoon, Leon S. Kennedy. Os dois decidem ir a delegacia de polícia em busca de provas sobre todo o caos que a cidade se encontrava, mas sofrem um acidente no meio do caminho e acabam se separando.


Chegando ao Departamento de Polícia de Raccoon (R.P.D.), Claire encontra Marvin Branagh, um policial que estava seriamente ferido. Ele revela a Claire de que seu irmão, Chris, estava de férias e teria saido há um bom tempo atrás. Sem mais o que fazer em Raccoon, Claire decide investigar o prédio e solucionar quebra-cabeças para fugir da delegacia de forma segura. Pois Marvin também revela de que ele e Elliot Edward buscavam uma passagem secreta por baixo de uma estátua de deusa no hall principal. Ao desvendar os quebra-cabeças, Claire consegue ter acesso a passagem secreta e vai ao subsolo da delegacia.


No subsolo, Claire se depara com uma menina perdida e assustada com um monstro gigante que a perseguia. Claire trava uma batalha contra o monstro G e tenta conversar com a garota. A menina Sherry Birkin diz estar a procura de sua mãe e Claire promete ajudá-la. Sherry revela que sua mãe trabalhava na Umbrella e fazia um novo "remédio importante". Ao chegarem ao estacionamento do prédio, Claire e Sherry são abordadas por Brian Irons, o chefe de polícia de Raccoon. Ele agride fisicamente Claire que fica imobilizada e leva Sherry consigo para fora do R.P.D. e deixa Claire trancada lá. Assim, a jovem passa a investigar novamente a delegacia de forma que encontrasse um cartão de acesso para abrir os portões do estacionamento e sair a procura da garota.


Ao encontrar o cartão, Irons liga para o telefone de seu escritório e Claire atende. Ele pede para que ela se encontrasse com ele no Orfanato de Raccoon que ficava a alguns quarteirões da delegacia junto a um pingente que Sherry deixara cair quando foi pega pelo chefe de polícia e Claire pegara. Ela logo sai da delegacia e vai até o Orfanato e explorando o local, toma conhecimento de que Irons era, também, diretor do local e que as crianças abandonas eram aos poucos sendo levadas para laboratórios da Umbrella e usadas como cobaias para experimentos especiais com armas virais. Claire se encontra com Irons, mas o homem morre com um embrião G saindo de sua barriga. Quando Claire encontra Sherry, uma arma biológica da Umbrella conhecida como Tyrant T-103 (Mr. X) começa a segui-las, mas o monstro é morto por G. E o tal G, que acaba sofrendo sua segunda mutação, é o pai de Sherry e criador do projeto G-Vírus, William Birkin. G, sem consciência, ataca as duas em um elevador que desce sem controle até o tratamento de esgoto da cidade.


No tratamento de esgoto, Claire acorda com uma cientista lhe examinando e procurando vestígios do G-Vírus e de William Birkin. A mulher era Annette Birkin, esposa de William e mãe de Sherry. Annette parece se preocupar muito mais com G do que com a própria filha, restando a Claire investigar os esgotos e encontrar Sherry desmaiada no tratamento de lixo. Claire encontra uma forma de ter acesso a área, mas antes que pudesse ir socorrer Sherry, trava mais uma batalha contra William em sua segunda mutação. Ao derrotá-lo, Claire vai a ajudar Sherry e percebe que a menina estava sofrendo mutações do G, começando em seu olho esquerdo. Annette diz a Claire que William plantou um embrião do G-Vírus em Sherry para continuar com a espécie e que poderia, talvez, tratar a filha em seu laboratório. Claire promete a Sherry proteção e que iria salvar a menina a qualquer custo. Ela segue com Sherry em seu colo até um bonde que as levaria para o NEST, complexo de laboratórios da Umbrella.


No bonde, durante a viagem, Claire cede sua jaqueta da sorte para Sherry que até elogia a roupa. Ela revela que Chris quem deu a jaqueta que faz referência a um álbum do Queen em homenagem a Freddie Mercury. A jovem aproveita e procura saber o que seria o pingente que Irons teria ficado tão interessado. A menina apenas diz que foi um presente de aniversário de sua mãe do ano anterior. Chegando ao NEST, Claire deixa Sherry descansando em uma sala segura e procura pelo Agente Antiviral G para tratar a infecção da recente amiga. Passando por diversos zumbis, lickers e Ivys, Claire consegue ter acesso a uma espécie de cofre contendo uma amostra do G-Vírus e um agente antiviral. Para sua surpresa, a chave para esse "cofre" era o pingente de Sherry.


Com o agente antiviral, Claire traça seu caminho de volta a Sherry, mas acaba sendo surpreendida por William Birkin em sua terceira mutação. Annette aparece nesse exato momento e descarrega balas de ácido em William deixando-o inconsciente. Ao fazer isso, Annette revela que o monstro já teria sido seu marido. O casal criou o G-Vírus, mas William foi surpreendido por militares da Umbrella a comando de Ozwell E. Spencer, por William fazer negociações com o governo americano sobre vendas do G, sem alguma relação com a Umbrella. Os militares supostamente mataram William, mas antes de morrer, se infectara com o G e tornara tal monstro. Uma vez se tornando uma arma biológica super potente, William foi atrás dos soldados da Umbrella que atiraram nele e foi nesse combate que amostras do T-Vírus foram quebradas nos esgotos. Ratos e o próprio tratamento de esgoto espalharam o vírus culminando no caos que Raccoon City se encontrava. Ao revelar toda a história, G acorda novamente e fere Annette. Vendo a situação da cientista e numa demonstração corajosa e heroica, Claire entrega o agente antiviral G para Annette pedindo a ela que fosse cuidar de Sherry enquanto ela matava William Birkin. Assim, Claire e Birkin travam uma grande batalha e Claire sai como vencedora.


Ao chegar na sala segura com Sherry e Annette, a mãe diz que a filha estava livre do G-Vírus. Mas Annette começa a sentir dores mais fortes vindas dos ferimentos que G fez. Sherry se desespera ao ver sua mãe morrendo aos poucos. O sistema de autodestruição do NEST é acionado em caso de emergência do G-Vírus sair do complexo. Annette acaba morrendo e Sherry tem de dizer adeus para a mãe. Ao fazer isso, ela diz a Claire que a jovem tinha razão sobre a jaqueta da sorte, porque ela tinha muita sorte de estar com Claire naquele momento. Após a demonstração de carinho, as duas correm e descem por um elevador até chegarem em um elevador com um trem. Claire aciona esse elevador do trem e quando vai entrar no local, William Birkin aparece novamente, mas agora em sua quarta mutação. Mais uma batalha é travada e Claire sai como vencedora. O trem chega ao nível mais baixo e começa a andar pelos trilhos subterrâneos. Para a sorte do parceiro de plantão, Leon consegue chegar ao trem e encontrar Claire e Sherry.


Mas, como se não fosse o bastante, William Birkin, agora em sua quinta mutação, invade o último vagão do trem, sobrando a Claire e Leon descarregarem todas suas munições no monstro e separar o vagão traseiro do resto do trem. William Birkin fica para trás e morre com a autodestruição do NEST. Após isso, Claire, Leon e Sherry saem da cidade na manhã do dia 30 de Setembro e ficam livres (por um tempo) de monstros e armas biológicas lhes perseguindo.


Em Dezembro de 1998, Claire segue para a Europa para encontrar Chris. Ela invade uma base da Umbrella em Paris e acaba sendo capturada e levada para as Ilhas Rockfort como prisioneira. Quando Claire acorda, está presa abaixo de um cemitério. Um funcionário da Umbrella a solta e quando Claire sobe, seu pesadelo volta. Zumbis e monstros tomaram conta de ilha e Claire deve fazer de tudo para sobreviver. Ela se afilia a um outro prisioneiro, Steve Burnside. Claire e Steve confrontam ameaças, entre elas, Alfred Ashford. Os dois conseguem sair da ilha num avião, mas Alfred comanda o piloto e os joga na base da Umbrella na Antártida.


Claire e Steve, mais uma vez, lutam contra zumbis para sobreviverem e encontrarem uma forma de saírem de lá. Os dois conseguem matar Alfred que desperta fúria em sua irmã, Alexia, que captura os dois. Por um email de Leon, Chris Redfield segue até a ilha onde reencontra Albert Wesker, responsável por espalhar o T-Vírus na Ilha a fim de cumprir planos da H.C.F. Chris segue até a Antártida e consegue encontrar sua irmã. Claire, assim que acorda, lembra de Steve e vai atrás do companheiro, mas era tarde demais, Alexia havia o infectado com o Vírus T-Veronica. Steve vira um monstro e tenta matar Claire, mas num curto período de tempo, recupera a consciência e corta um tentáculo de Alexia que a segurava. Alexia ataca Steve que consegue ficar acordado por mais alguns segundos e nesse tempo, Steve revela a Claire que a ama.


Claire e Chris conseguem matar Alexia e sair vivos de uma batalha contra Wesker e logo depois, saem da base da Antártida segundos antes de ser autodestruída.


Em 2005, Claire viaja até a cidade de Harvardville, onde uma empresa farmacêutica chamada WilPharma gostaria de implantar base na cidade. Claire, sob a mesma visão de sua ONG, Terra Save, é contra a implantação. O aeroporto da cidade é dominado por zumbis e sobra a Claire ter que lutar, mais uma vez, contra armas biológicas. Após algum tempo, reencontra Leon S. Kennedy. Os dois, juntos, conseguem sobreviver ao incidente.


Em 2011, durante uma confraternização da Terra Save, Claire está pronta para receber Moira Burton, filha de Barry, um grande amigo de Chris, para a ONG. Pois Moira sempre foi apaixonada por Claire devido sua história desde os fatos de Raccoon City. Mas durante essa confraternização, militares invadem a festa e capturam alguns membros, entre eles, Claire e Moira.


As duas acordam em uma prisão com braceletes brilhosos. As duas se deparam com Gina Foley, membro da Terra Save, ensanguentada e logo depois com monstros violentos. Equipada com armas, Claire limpava o caminho enquanto Moira usava uma lanterna para iluminar o local e um pé-de-cabra para apoio e sua própria segurança. No meio da prisão, os braceletes começam a emitir uma voz feminina que diz a funcionalidade dos braceletes. Eles mudavam de cor conforme o medo da pessoa. Após a saída das duas na prisão, Claire e Moira, novamente, são surpreendidas pela voz que se chama da "Supervisora" e pede para que elas se dirijam até o Wossek. Tentando entrar em contato com alguém, Claire percebe que as duas tinham sido levadas a uma ilha isolada.


Mais tarde, Claire reencontra membros da Terra Save e todos são surpreendidos pela Supervisora que revela ter infectado cada um com um vírus especial. Não demora muito para serem atacados por armas biológicas e um dos membros sentir tanto medo que, em resposta ao vírus, vira um horrendo monstro. Claire e Moira são salvas por Neil Fisher, chefe da Terra Save, mas logo se separam. Continuando a caminhada na Ilha, indo para uma torre a fim de conhecer a Supervisora e acabar com o pesadelo, as duas encontram uma menina chamada Natalia Korda. Mas também não demora muito para que Natalia seja pega sem elas verem e para mais um companheiro de equipe, Gabriel Chavez, morrer.


Claire e Moira procuram a garota, mas encontram um bilhete de Neil Fisher pedindo que se dirijam até uma fábrica. Claire decide ir até a fábrica e investigar, mas como Moira diz, é apenas uma cilada da Supervisora para eliminar a dupla. Apesar do desespero, conseguem sair vivas e seguir em frente até Moira alertar Claire sobre Neil dizendo que era estranho o bracelete do chefe não mudar de cor. Claire decide ignorar, mas acaba se impressionando no momento que vê uma gravação de Neil com a Supervisora que acabaria de infectá-lo com o Uroboros. Claire percebe que foi Neil quem selecionou os membros da Terra Save e que havia feito todos eles de cobaia para o experimento da mulher misteriosa. 


Após isso, Claire encontra Neil que vira um monstro. Claire e Moira lutam contra ele. Em um momento de pavor para Claire, Neil está em cima dela perto de a matar, mas Moira supera o medo de armas de fogo para salvar Claire e mata Neil com uma sequência de tiros na cabeça.


As duas vão até o último andar da torre onde se encontram com a Supervisora que se tratava de Alex Wesker. Alex atira em si mesma e logo depois começa-se uma sequência de autodestruição. Nessa correria, Moira é atingida por destroços e Claire acaba a deixando para trás sem escolhas. Claire volta para casa sozinha com notícias tristes sobre Moira, o que deixa Barry Burton, pai de Moira, desesperado. Por seis meses, Barry tenta localizar Moira até encontrar as coordenadas de uma transmissão de voz que Moira havia feito na Ilha.


Num momento de tensão, Barry que havia se afiliado a Natalia Korda, está desnorteado e vendo Natalia nas mãos de Alex Wesker, mas Moira Burton aparece e salva a garota. O trio segue para os arredores da ilha onde Claire chega com um helicóptero de resgate para salvar a todos. E é ela mesma quem pega uma bazuca e mata Alex Wesker. Barry adota Natalia.


Algum tempo depois, Claire continua a ter contato com Sherry Birkin e alerta Sherry para tomar cuidado com Derek C. Simmons. Ela vai até uma celebração ou festa na casa de Barry para comemorar com a família, incluindo Natalia. O que eles não sabiam era que a menina Natalia compartilhava sua consciência com ninguém mais, ninguém menos que Alex Wesker que via o seu experimento da transferência de mentes um sucesso. 


Curiosidades:

. A estampa atrás das jaquetas de Claire em Resident Evil 2 e Resident Evil CODE: Veronica, "Made in Heaven" e "Let Me Live", respectivamente, fazem referência a músicas da banda Queen.

. A dubladora Alysson Court dublou Claire na maioria dos jogos da série, sendo apenas dispensada a partir de Resident Evil Revelations 2 no qual chamaram James Baker e posteriormente, Claire foi dublada por Stephanie Panisello em Resident Evil 2 Remake.

. A atriz que interpreta Claire Redfield na adaptação em live-action dos filmes de Resident Evil é Ali Larter. Nos filmes, Claire se distancia demais da moça dos games, porém alguns traços continuam. A atriz Kaya Scodelario foi escalada para viver a jovem no reboot cinematográfico.

. O visual usado por Claire Redfield no filme Resident Evil: The Final Chapter é o mesmo usado por Claire em Resident Evil Revelations 2.

Comentários