Capcom cria Política de Vídeo para criadores de conteúdo


Na primeira quarta-feira de 2021 (6/1), a Capcom criou uma Política de Vídeo e chamou a atenção dos criadores de conteúdo às suas novas normas, protegendo seus Direitos Autorais e principalmente, impedindo o compartilhamento de spoilers de jogos não-lançados já que há algumas semanas atrás, a empresa enfrentou problemas sérios com vazamentos de seus jogos diante um ataque hacker.


A empresa afirma que criadores de conteúdo poderão monetizar seus vídeos de tutoriais, gameplays, detonados, reações entre outros quando a plataforma (YouTube, Facebook, Twitch etc) devidamente autorizar essa ação. Está proibido o uso comercial dos jogos e de elementos da empresa sem autorização dessa. A desenvolvedora japonesa afirma que o não cumprimento dessas novas normas podem resultar em diversas ações da Capcom para remover o conteúdo da internet. Você pode conferir todas as normas neste link.


Semanas atrás, a Internet compartilhou muitas informações vazadas sobre a franquia Resident Evil, vindas do ataque hacker que a Capcom sofreu. O Resident Evil Project recebeu diversas mensagens em redes sociais comentando esses vazamentos e reclamando que nosso site não cobriu tais conteúdos, mas decidimos ignorar e não falar absolutamente nada sobre o acontecimento em respeito a empresa e até mesmo aos fãs. Pedimos a compreensão de todos para evitar compartilhar conteúdos assim, sendo informações de narrativas ou arquivos da empresa e seus lançamentos, e alertamos que o compartilhamento de spoilers agora não só viola a Política de Vídeo da Capcom como também prejudica outros fãs com suas experiências nos jogos.

Comentários