Donna Beneviento



Nome: Donna Beneviento
Nascimento: Desconhecido
Tipo Sanguíneo: Desconhecido
Altura: Desconhecido
Peso: Desconhecido
Status: Morta
Primeira Aparição: Resident Evil Village


Donna Beneviento era um dos quatro lordes que servem a Mãe Miranda em um isolado vilarejo localizado no leste-europeu.


No meio do século XX, Donna é infectada pelo parasita Cadou, criado por Miranda. A intenção da suprema com o experimento era de encontrar alguém perfeito para receber a consciência de Eva, sua falecida filha. Donna obteve resultados favoráveis, mas devido a uma doença mental grave e outros defeitos vistos por Miranda, ela não foi o receptáculo para Eva.


A partir da infecção do Cadou, Donna desenvolveu a habilidade de produzir uma substância que emite um sinal e infecta plantas. Quando um humano respira o pólen de uma flor específica, Donna pode fazê-los alucinar. Por essa razão, ela pede a seu jardineiro que plante diversas flores ao redor de sua casa e pelo jardim que rodeia sua residência.


Donna também tinha muita afinidade com suas bonecas, em especial, com Angie, uma boneca feita por seu pai. Ela dividiu seu Cadou entre Angie para controlá-la de longe. Feito isso, Donna também passou a usar uma túnica preta que escondia seu rosto com uma cicatriz, a qual tinha vergonha e já havia sofrido ofensas por isso. Ela passa a se comunicar com os outros somente usando Angie.


Em fevereiro de 2021, Miranda leva Rosemary Winters ao vilarejo, considerando-a como o receptáculo perfeito para Eva. Ethan Winters, o pai da criança, procurava por Rose no local e adentra na Casa Beneviento a procura de frascos que continham partes de sua filha. No jardim, Ethan já estava alucinando e vendo Mia Winters por todo lado.


Após sofrer uma grande alucinação e combater uma bebê, Ethan confronta Donna e Angie. O pai consegue matar Angie com uma tesoura e dar um fim definitivo a Donna Beneviento.