Jill Valentine


Nome: Jill Valentine
Nascimento: 1975
Tipo Sanguíneo: B
Altura: 1,82m
Peso: 56kg
Status: Viva
Primeira Aparição: Resident Evil (1996)


Jill Valentine é, talvez, a personagem mais querida e carismática da série Resident Evil, marcando presença desde o primeiro jogo de 1996 ao lado de Chris Redfield. Seus feitos na franquia fizeram de Jill uma das mulheres mais importantes da história e dentro do lore, uma agente muito bem respeitada por todos.


Jill começou a treinar e obter habilidades quando fazia parte do Exército Americano. Cerca de 1996, em Raccoon City, foi criado uma equipe a parte de policiais no Departamento de Polícia de Raccoon (RPD) selecionando os melhores dos melhores, seriam chamados de S.T.A.R.S. (Special Tatics And Rescue Service - Serviço de Resgate e Táticas Especiais). Jill foi chamada para trabalhar nos S.T.A.R.S. na equipe Alpha como a "Master of Unlocking - Mestre do Destravamento". Pois uma de suas especialidades era arrombar fechaduras e desarmar bombas.


Em Julho de 1998, a equipe Bravo dos S.T.A.R.S. é enviada para as montanhas Arklay aos arredores de Raccoon City onde tinham suspeitas de casos de canibalismo. Porém, o helicóptero do time Bravo cai e o Alpha fica sem resposta dos colegas por um dia inteiro. No dia 24 de Julho, a noite, a equipe Alpha é encaminhada para o local do acidente. Durante a investigação, são atacados por cachorros em decomposição. Brad Vickers, piloto do Alpha, deixa-os na floresta e então, a única maneira foi de se abrigarem numa Mansão.


Na correria, o time se perde. Jill junto a Barry Burton passam a investigar a Mansão e se deparam com um homem em decomposição alimentando-se de Kenneth J. Sullivan, membro da Equipe Bravo. Com tantos mistérios, a dupla passa a investigar melhor a localidade se deparando com zumbis e outros tipos de armas biológicas. Durante toda a noite, Jill começa a destrinchar aos poucos o que aquela Mansão era, mas também passa a suspeitar de seu parceiro Barry que começa a agir estranhamente. Ainda assim, a policial consegue decifrar novos segredos e para sua surpresa, a Mansão Spencer servia como fachada para um complexo de laboratórios onde eram testados vírus e pesquisadas armas biológicas sob responsabilidade da multinacional farmacêutica Umbrella. Para piorar a situação, Jill desvenda que o capitão da Equipe Alpha do S.T.A.R.S., Albert Wesker, se tratava de um agente duplo e teria chantageado Barry com ameaças a sua família para que o soldado espionasse Jill e agisse contra a parceira.


Mas Wesker comete o erro de falar a Jill que as ameaças eram mentiras enquanto Barry escutava do lado de fora do laboratório e isso acaba resultando no homem voltado ao lado de Jill e confrontando Wesker. No combate, Wesker libera uma arma biológica criada pela Umbrella chamada de Tyrant T-002. Jill tem de confrontar o monstro e após isso consegue também livrar o grande amigo Chris Redfield de uma cela, que foi preso anteriormente por Wesker. Os S.T.A.R.S. conseguem destruir o Tyrant e logo depois saem da Mansão minutos antes dela explodir pelo sistema de autodestruição. Os únicos sobreviventes deste incidente foram: Jill, Barry, Chris, Rebecca Chambers do time Bravo e Brad. Ao chegarem no RPD, contam o caso para o chefe Brian Irons que decide arquivar tal e ainda acusar os S.T.A.R.S. de usar drogas e por fraude. Isso irrita cada membro deles, afinal o próprio Irons estava sendo subordinado pela Umbrella para não comentar sobre a parte obscura da corporação para a população. Chris decide viajar para a Europa, onde tinham pistas da produção do G-Vírus. Jill permanece em Raccoon City para investigar os laboratórios e sedes da Umbrella na cidade.


Em 28 de Setembro de 1998, Jill Valentine acorda de um pesadelo em seu apartamento. Com suas investigações ganhando força nas últimas semanas, a policial foi suspensa por Irons e teve de obedecer à ordem de ficar em casa. A sua estadia acabou deixando-a completamente fora de si tendo pesadelos constantes, alucinações, insônia e falta de apetite, sempre insegura de talvez estar infectada pelo T-Vírus devido aos eventos ocorridos na Mansão. Quando ela recebe um telefonema de Brad pedindo para deixar imediatamente seu apartamento, ela é surpreendida por uma arma biológica (Nemesis T-Type) e não tem outra opção a não ser deixar sua residência às pressas.


Ao se reencontrar com Brad, Jill acaba observando a tamanha catástrofe que Raccoon City havia se tornado. A cidade estava em um completo caos com um vazamento acidental do T-Vírus ocorrido dias atrás durante um embate entre William Birkin e soldados da USS no Tratamento de Esgoto de Raccoon. Brad também não possui nenhum conhecimento sobre o monstro que a surpreendeu no apartamento. A única coisa que ele sabia era de que Nemesis estava atrás dos S.T.A.R.S. sobreviventes em Raccoon: ele e Jill. Na correria ao meio a calamidade da cidade, Brad é mordido por um zumbi dentro do Jack Bar. Jill não tem outra opção além de deixar o amigo, a pedido dele aliás, e seguir em frente.


Ao entrar em um armazém, Jill se depara com o civil Dario Rosso. A policial tenta ajuda-lo prometendo uma fuga da cidade encontrando-se com um helicóptero de resgate no nível superior do estacionamento perto do local. Entretanto, Dario recusa a ajuda de Jill dizendo que ele preferia morrer de fome a ser comido pelos mortos-vivos e pedindo paz. Sem poder fazer mais nada por Dario, Jill deixa o armazém e segue até o estacionamento, mas acaba observando a cena do helicóptero dando pane no motor e caindo. Como se não fosse o bastante, ela é surpreendida mais uma vez por Nemesis. Porém, dessa vez, ela decide tentar revidar o ataque ao dirigir um carro contra o inimigo. Um acidente ocorre ao Jill perder o controle do veículo e capotar o carro. Mas nem isso para o monstro que revela seu rosto, antes coberto, com a explosão do carro onde segundos atrás estava.


Por sorte, o mercenário da U.B.C.S., Carlos Oliveira, estava por perto e parou Nemesis com um lança-foguetes. Carlos leva Jill a estação de Redstone onde comenta sobre um local seguro. O que acaba deixando-a furiosa é quando Carlos diz estar junto com o Serviço de Contenção Biológica da Umbrella. O jovem chega a perguntar qual seria o problema com a Umbrella e Jill revela que foi a corporação quem é responsável pela epidemia do T-Vírus em Raccoon. Carlos revela não saber de nada sobre o que ela dizia e apenas a guia para o metrô onde Jill encontra o líder Mikhail Victor.


Numa breve conversa com Mikhail, Jill aceita ajudá-los a religar a energia do metrô para que o automóvel pudesse funcionar e eles evacuarem alguns civis da cidade. No caminho da subestação de energia, Jill se depara com Murphy Seeker, outro mercenário da U.B.C.S. que encontrava-se gravemente ferido. Na tentativa de ajudá-lo, Jill presencia a morte do jovem quando Nicholai Ginovaef aparece o matando em uma fração de segundo informando que ele estava infectado e poderia se transformar em zumbi a qualquer momento.


Após religar e energia do metrô, Jill ainda tem de traçar a rota no escritório da companhia responsável. Mas no caminho, Nemesis a surpreende novamente repetindo a sigla "S.T.A.R.S." a todo momento. Ao traçar a rota, Jill foge do monstro tentando ganhar tempo para Carlos e Mikhail a reparar o metrô onde acaba chegando aos esgotos de Raccoon. É nos esgotos que ela também se depara com laboratórios da Umbrella e novas armas biológicas, os Hunters Gamma. Quando ela consegue encontrar sua saída dos esgotos, novamente, é surpreendida por Nemesis, dessa vez operando um lança-chamas.


Em uma grande perseguição, Jill sobe um prédio em construção e no topo trava uma batalha contra o monstro. Ao vencer a arma biológica, Jill tem de deixar o prédio às pressas pelo local estar desabando com o fogo que Nemesis espalhou durante a perseguição. Ao chegar às ruas de Raccoon de novo, ela decide passar na Loja de Armas Kendo. É lá onde encontra seu amigo, Robert Kendo, já preocupado com qualquer ameaça que poderia chegar. Infelizmente, o amigo recusa ir com Jill ao metrô e fugir da cidade. E ela só entendo o porquê depois de ouvir sua filha, Emma Kendo, já infectada pelo T-Vírus, falando com Robert.


No caminho a estação de Redstone, novamente, Jill é surpreendida por Nemesis. Mas agora de uma forma muito pior. O inimigo estava equipado com uma bazuca e passa a ameaçar Jill como alvo atirando diversos foguetes. Numa chamada desesperada com Carlos pelo rádio, o jovem mercenário promete ajudá-la com o monstro. Ela corre até o posto de gasolina Stagla onde Nemesis é abatido por uma mina colocada por Carlos. O mercenário atira em um caminhão de gasolina criando uma enorme explosão e dessa vez, ambos tinham certeza que Nemesis morrerá. Ao chegarem no metrô, Jill junto a Mikhail, Nicholai e alguns civis sobreviventes são evacuados enquanto Carlos e Tyrell Patrick ficam na cidade para buscarem pelo cientista Nathaniel Bard.


O que Jill não esperava era que Nemesis apareceria no outro vagão matando todos os civis. Nicholai tranca Jill e Mikhail no vagão onde estavam o que resulta em Mikhail explodindo o vagão onde Nemesis estava, se sacrificando para salvar Jill. O metrô descarrila na estação da Torre do Relógio de São Miguel onde Jill contata Carlos que estava no RPD. Mas no meio da conversa entre os dois no rádio, Nemesis aparece novamente, agora em outro formato parecido com o de um animal. Mais uma batalha ocorre e Jill sai vitoriosa, por alguns segundos. Quando ela está para entrar na Torre do Relógio, Nemesis infecta Jill que desmaia na entrada do monumento de Raccoon.


Praticamente 12 horas depois, Carlos aparece e a leva para o Hospital de Raccoon na esperança de que ela poderia ser curada com a vacina de Nathaniel Bard. Porém, Bard havia sido assassinado por Nicholai algum tempo antes. O jovem encontra um vídeo onde Bard revela que os culpados pelo incidente eram da Umbrella e que pediam para Bard destruir a vacina que criou na intenção de eliminar todas e quaisquer provas de que a corporação foi a responsável pela catástrofe que tomou Raccoon City. Isso deixa Carlos indignado com a corporação que ele trabalhava e também motivado ainda mais a salvar Jill, já que a policial sabia da verdade e mesmo assim teria confiado nele e em seus colegas. Ao encontrar a vacina, o jovem mercenário injeta em Jill na esperança dela ser curada pela infecção do T-Vírus.


Horas se passam e Jill ainda está se recuperando. Enquanto a vacina fazia efeito em seu organismo, a policial tinha pesadelos refletindo ainda o seu grande medo da infecção pelo vírus. Quando ela acorda novamente, na madrugada do dia 01 de Outubro, se depara com a notícia de que o governo americano tomou a decisão de esterilizar Raccoon City com um míssil nuclear. Ao sair do leito onde estava, Jill encontra-se com Tyrell achando que esse agente teria a salvado. Mas Tyrell informa que foi Carlos quem a salvou e que no momento estava atrás de contatar o governo e adquirir uma amostra da vacina na intenção de evitar o ataque nuclear. A procura do jovem, Jill e Tyrell descobrem uma passagem subterrânea pelo hospital levando ao NEST 2, um complexo de laboratórios da Umbrella abaixo de Raccoon City onde eram experimentadas e descartadas armas biológicas do T-Vírus. Na entrada do laboratório, Jill presencia a morte de Tyrell por Nemesis.


Investigando o NEST 2, Jill toma conhecimento de que Nemesis era mais um produto da Umbrella, criado a partir de um Tyrant parasitado que foi enviado a Raccoon justamente para eliminar os membros do S.T.A.R.S. Ela consegue sintetizar uma vacina e adquirir uma amostra. Na hora de deixar o estabelecimento, é surpreendida mais uma vez por Nemesis. Chegando a área de descarte biológico, Jill confronta Nicholai que toma a amostra da vacina e tem de travar uma batalha contra Nemesis. Durante a batalha, Carlos passa a ajuda-la informando a localização do inimigo e atingindo o monstro com ácido. Ao vencer a batalha, ela corre atrás de Nicholai, entretanto, durante o embate dos dois, mais uma vez, Nemesis aparece, agora tomado todo um espaço no complexo de laboratórios.


Sem mais paciência para o monstro, ela promete que aquela seria a última batalha. Jill aciona a energia de uma arma denominada 'Finger', desenvolvida pela Umbrella para conter armas biológicas. Ela usa o canhão de energia para matar Nemesis de uma vez por todas. Se ele queria tanto "S.T.A.R.S.", Jill entregou a ele "S.T.A.R.S." bem na boca.


Deixando o laboratório, Jill encontra-se com Nicholai e Carlos num embate. Durante o confronto, Nicholai destrói a amostra da vacina. Ao deterem o mercenário, Jill questiona para quem ele trabalhava já que o homem havia informado que "um de seus clientes" gostaria de acabar com a Umbrella também. Nicholai só promete respostas caso a policial o deixasse fugir de Raccoon com eles. Recusando esse pedido, Jill e Carlos pilotam o helicóptero e deixam Nicholai para morrer com a explosão. Já saindo da cidade, Jill presencia o final de Raccoon City quando o míssil atinge a cidade gerando uma gigantesca nuvem de cogumelo. E ela promete que as cinzas de Raccoon City seriam as cinzas da Umbrella também.


Em 2003, Jill e Chris Redfield, seu antigo e fiel parceiro de trabalho, decidem invadir uma base da Umbrella na Rússia a fim de destruir a corporação após seus crimes envolvendo a produção e pesquisa de armas biológicas. Depois de uma batalha com uma arma biológica suprema criada pela empresa chamada T-A.L.O.S., Chris e Jill conseguem incriminar a corporação e assim, a Umbrella é destruída. Após isso, os vírus e demais projetos da Umbrella caem e se misturam no mercado negro e o bioterrorismo se torna uma ameaça global. Desse modo, Chris, Jill e outros criam a BSAA (Aliança de Avaliação e Segurança de Risco Biológico), criada para combater casos de bioterrorismo e deixar a Terra mais segura nesse quesito.


Em 2005, Chris Redfield e Jessica Sherawat perdem contato com o HQ da BSAA e suas últimas coordenadas apontariam para um navio no meio do mar mediterrâneo. Jill e seu novo parceiro, Parker Luciani, decidem ir investigar e entram no pesadelo do Queen Zenobia, um navio abandonado ao meio do mediterrâneo. Ao entrarem, se deparam com corpos e monstros pálidos, os chamados Oozes, indicando que Chris e Jessica poderiam estar em grande perigo.


Jill decide ir investigar o resto do porão do navio sozinha e durante sua investigação, encontra Chris amarrado e inconsciente em uma sala trancada. Ela tenta se comunicar com o parceiro, mas ele não responde. Ao ir atrás da chave para abrir a sala e salvar o amigo, Jill presencia dois oozes matando violentamente Rachael Foley, uma membro da F.B.C. (Comissão Federal contra o Bioterrorismo). Encontrada a chave, Jill retorna para a sala de Chris e ao chegar perto do parceiro, percebe que ele estava muito estranho. Na verdade, era apenas um boneco. Após isso, gases saem na sala deixando Jill e Parker inconscientes.


A dupla acorda em salas de luxo do navio, separados. Eles se reencontram e procuram investigar melhor o navio para saber o que estava acontecendo. Mais mistérios apareciam conforme iam avançando durante a investigação. Enquanto isso, Chris e Jessica na verdade estavam bem e investigavam os rumores sobre a reabertura dos Il Veltro, um grupo terrorista e responsáveis pelo Pânico em Terragrigia, ocorrido em 2004. Ao saberem por Clive R. O'Brian que Jill e Parker estavam em apuros, Chris larga a missão e corre atrás de Jill.


O primeiro navio que veem no mar mediterrâneo eles pousam e começam a investigar, porém se tratava do Queen Semiramis, um navio gêmeo ao Zenobia. Jill e Parker, enquanto isso, tentavam ligar a energia do navio e a se comunicar com O'Brian. É quando o chefe da BSAA revela que o navio seria destruído em alguns minutos pelo satélite Regia Solis, o mesmo que varreu Terragrigia do mapa. Por sorte, Jill e Parker conseguem salvar suas vidas desviando os raios ultra-violetas refletidos pelo satélite. Após Chris e Jessica chegarem ao Zenobia, há uma troca de parceiros e Chris e Jill descobrem que o Zenobia e outros navios eram bases para experimentos de vírus, mais especificamente, o T-Abyss Vírus. Além disso, descobrem que quem estava por trás do Pânico de Terragrigia, ocorrido em 2004, era Morgan Lansdale, chefe da FBC e que fez um acordo com Jack Norman, líder dos Il Veltro, entregando-lhes amostras do T-Abyss para atacarem a cidade e a F.B.C. tomar a frente durante o incidente trazendo mais fundos para a organização.


Após as descobertas, Jessica, subordinada por Lansdale, aciona a autodestruição do navio e isso faz com que Chris e Jill corram por suas vidas. No meio do caminho, ela encontra Parker que disse ser baleado por Jessica. Jill ajuda Parker a caminhar, mas num dado momento, Parker cai de uma grande altura pelos destroços do navio. Após isso, Chris e Jill seguem em frente, lamentando a suposta morte de Parker, enfrentando mais armas biológicas. O'Brian revela que toda a noite, ou seja, as falsas coordenadas de Chris e Jessica, a armadilha, a parceria entre Raymond Vester e O'Brian, era tudo para pressionar Morgan a admitir seu envolvimento com os Il Veltro durante o Pânico em Terragrigia.


Sabendo disso, Chris e Jill seguem até o Queen Dido onde o chefe da Veltro, Jack Norman, estava a meses e matinha a evidência da parceria dele e de Lansdale. Tomado pela psicose e loucura para se vingar de Lansdale, Norman se infecta com o T-Abyss Vírus e se torna uma espécie de Tyrant, o Ultimate Abyss, com habilidades além do esperado. Mas com uma dupla como Chris e Jill não se pode mexer, os parceiros matam Norman e recuperam a evidência que incriminam Morgan que é preso logo em seguida.


Em 2006, Chris e Jill recebem rumores sobre o paradeiro de Ozwell E. Spencer, criador da Umbrella, que ainda estava vivo e precisava pagar pelos seus crimes. Os dois seguem até uma réplica da Mansão Spencer onde encontram Spencer morto por Albert Wesker. Na batalha contra Wesker, Chris está quase perto de morrer, mas numa ação heroica e emocionante, Jill se atira no inimigo contra uma janela. Os dois caem em um abismo enquanto Chris grita pelo nome de Jill e seus corpos não são encontrados. Em 23 de Novembro de 2006, Jill é considerada morta e recebe em seu funeral uma cerimônia especial devido a todo o seu histórico contra o bioterrorismo.


Apesar da queda, Jill sobreviveu e ainda tinha o T-Vírus adormecido em seu corpo quando foi infectada por Nemesis em Raccoon City e salva por Carlos com uma vacina. Com Jill inconsciente, Wesker tratou seus ferimentos e se aproveitou dos anticorpos de Jill para criar o Uroboros, vírus no qual espalhado em escala global, selecionaria os mais fortes e que veriam Wesker como um deus. Além disso, Wesker deixa Jill em soro criogênico, o qual fortaleceu os anticorpos no organismo dela e ao acordar, ele implanta no peito de Jill, um dispositivo que liberava doses do soro P30, fazendo da mulher uma soldado com habilidades quase sobre-humanas e obedecendo aos comandos de Wesker e seus subordinados. Chris e sua nova parceira, Sheva Alomar, durante uma missão da BSAA, descobrem que Jill estava viva e conseguem salvar a mulher das mãos de Wesker.


Após isso, Jill recebe a ajuda de Josh Stone e juntos conseguem enviar dados para Chris e Sheva combaterem Wesker. Depois de enfrentarem hordas de armas biológicas, Jill e Josh chegam ao vulcão onde o avião de Wesker, junto a Chris e Sheva, havia caído. Lá, ela ajuda a dupla a matar Wesker de uma vez por todas. Depois da morte de Wesker, Jill foi tratada para que todos tivessem certeza de que ela não estava doente após todas as coisas que Wesker havia lhe feito. 

Comentários